- PUBLICIDADE -

Gelson Rodrigues (PSB) quer que Piruka (PP) seja punido por chamar aumento de tributo de ‘assalto’

Para Gelson, opinião de Piruka foi entendida de forma literal e pede que comissão de ética tome providências

Publicado em

- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

Desenvolva as suas habilidades e competências de Liderança

Programas de MBA e Masters da Tear Escola de Negócios englobam participantes com ou sem graduação e é semipresencial com duração de 12 meses

SENSÍVEIS

Esta é a semana em que políticos estão demonstrando sensibilidade e se ofendendo com críticas jogadas ao vento. Não estão tolerando nem críticas generalizadas, nem no sentido figurado. Depois do deputado Roberto Salum (PRB) se ofender com uma declaração do secretário de segurança Gabriel Castanheira, que disse que políticos mentem e se escondem atrás da imunidade parlamentar, agora é a vez do vereador Gelson Rodrigues (PSB) se ofender com uma declaração do vereador Piruka (PP), que gravou um vídeo chamando o aumento da COSIP de assalto.

COMPARTILHAMENTO

Pessoas ligadas ao governo compartilharam exaustivamente em grupos de WhatsApp um vídeo em que o jornalista Waldemar Cezar Neto, do jornal Página 3, chama Piruka de demagogo por suas críticas ao aumento da COSIP. Vídeo este, que Castanheira compartilhou no grupo de imprensa da Guarda Municipal e serviu como estopim para o bate-boca com o deputado Salum.

INCOMODANDO

Com fundamento ou sem fundamento, com ofensa ou sem ofensa, a verdade é que governistas estão dando muita importância às declarações de Piruka. Semana passada, se juntaram em 11 para gravar um vídeo-resposta à um vídeo onde o oposicionista critica o aumento da COSIP. “Mas alguns ficam trancados dentro de seus gabinetes fazendo sacanagem”, diz Marcelo Achutti. “Videozinho”, completa Gelson Rodrigues, durante o vídeo estrelado por vereadores da base, em pose de time de futebol para foto oficial antes de início de jogo, com direito a um “aêê” no final. Não entro no mérito de quem está certo ou errado, mas se 11 pessoas precisam se unir pra rebater a crítica de um, é porque alguém está incomodando!

RIVALIDADE

Esse incêndio (no sentido figurado – melhor deixar bem explicado para quem interpreta tudo no sentido literal), foi oportuno para aflorar uma rivalidade que já vem se arrastando desde a legislatura passada, quando Gelson ainda nem era vereador. Para quem não lembra, Gelson advogou a favor de Elton Garcia (PMDB), quando este teve o mandato cassado após Piruka – que era relator da Comissão Parlamentar Processante – elaborar e indicar a cassação do vereador envolvido na Operação Trato Feito. A partir de então, há a impressão de que a missão de Gelson, desde que foi eleito vereador, é a de encontrar uma brecha para cassar o rival. Essa suposição tomou consistência na noite desta terça-feira (13), quando Gelson usou a tribuna para pedir que comissão de ética tomasse providências “em nome dos vereadores que foram chamados de assaltantes”.

Gelson e PirukaDRAMA

Durante seu discurso, Gelson apelou para o lado emocional, reatando que não conseguiria dormir sem falar sobre o assunto, exibindo no telão uma foto de seu pai, de 75 anos, com sua filha, de quase 4 anos, no colo. “Quando meu pai ouviu que eu estava assaltando… Você não imagina, vereador Piruka, o quanto isso me constrangeu. […] Meu pai tem problema de pressão alta, vereador Piruka”, dramatizou. “Você não sabe o que causou para a minha pessoa e para a minha família”, exclamou, dando a entender que as pessoas interpretaram a opinião de Piruka, o tal “assalto ao bolso de contribuinte”, de forma literal.

 

Qual a sua opinião sobre essa polêmica? Deixe nos comentários abaixo!


COMENTE ABAIXO ⬇

Receba as notícias do Click Camboriú pelo Telegram

✉ NEWSLETTER

Receba notícias de BC, Camboriú e Itajaí todos os dias em seu e-mail.

Confirme seu cadastro na próxima tela e ative o cadastro em seu e-mail.
- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

Dia das Mães: Maislaser vai presentear 100 pessoas com 10 sessões de depilação a laser

Ganham as 100 primeiras pessoas que ligarem para (47) 3011-0611 ou 3011-0211, ou entrarem em contato pelo WhatsApp 047 99273-2191
- PUBLICIDADE -
Enviar mensagem
Envie seu conteúdo
Envie seus flagras e suas denúncias para a redação do Click Camboriú.