Divulgação

Mais um Núcleo de Educação Infantil de Balneário Camboriú receberá o ROPE. Desta vez, três robozinhos serão entregues no NEI Nova Esperança, nesta terça-feira (22), às 13h30. A cidade foi a primeira do país a utilizar em sala de aula um brinquedo de programar de forma sistemática, que permite trazer a tecnologia para a sala de aula, de maneira divertida e lúdica, sem a necessidade de uso de computadores.

“Inovamos no país levando os robôs de programar para as crianças utilizarem em sala de aula e desenvolverem diversas habilidades, como a matemática. Agora estamos ampliando o projeto. Além do NEI Nova Esperança, que ganhará os robôs nesta terça-feira, os núcleos Carrossel e Pão e Mel também já utilizam este brinquedo, resultado da parceria entre o Município, a Univali e o Ministério Público”, disse o prefeito, Fabrício Oliveira.

O ROPE auxilia no desenvolvimento cognitivo e motor. O robozinho de madeira, funciona obedecendo comandos das próprias crianças. Ele possui quatro botões direcionais, que fazem o robô andar para frente, para trás e girar para os lados, um botão para a execução dos comandos, luzes e sons que facilitam a compreensão das crianças. Os pequenos aprendem com facilidade a traçar tarefas enquanto desenvolvem a cooperação, solucionam problemas e fazem cálculos. Junto com eles, serão entregues também materiais de apoio à sua utilização, como tapetes pedagógicos, e também serão realizadas formação dos professores para melhor uso da inovação junto às crianças.

O “ROPE” foi criado pelo Laboratório de Inovação Tecnológica na Educação (LITE) da Univali e viabilizado através de parceria com o Ministério Público. O robô poderá ser usado na sala de aula ou em qualquer outro espaço do ambiente escolar e vai permitir o contato direto dos alunos, que serão os responsáveis por sua programação.

Os brinquedos possibilitam que a criança realize atividades lúdicas que trabalham conceitos importantes como a resolução de problemas, número, estimativas, a lateralidade e outros aprendizados fundamentais nesta fase do desenvolvimento infantil.


COMENTE ABAIXO

Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.